Leite de Verdade, festa na floresta bh, festa na floresta, iogurte natural, leite pasteurizado, leite de saquinho, leite da vaca, leite uht, leite ultrapasteurizado, festa infantil, buffet infantil, festa bh, salão de festas

Leite de Verdade?

O Festa na Floresta, em post anterior, sugeriu o uso de leite de verdade para o preparo de uma receita deliciosa de iogurte natural caseiro. A intenção dessa sugestão foi possibilitar que você tenha um iogurte natural mais rico em nutrientes, sem nenhuma toxidade.

 

Mas o que seria esse leite de verdade? E o que ele tem de tão bom que as demais versões do leite não oferecem?

Com o objetivo de trazer informações cada vez mais úteis e que agreguem valor real ao cotidiano de cada um, o Festa na Floresta esclarece tudo tim-tim por tim-tim.

O leite de verdade é o leite que vem direto da vaca, sem intervenções químicas ou que tenha passado por processos industriais. Por se apresentar de forma in natura, o leite de verdade tem em sua composição todos os nutrientes preservados, ou seja, coisa melhor não há. Ele pode ser adquirido diretamente do pequeno produtor ou até mesmo de alguém que tenha ordenha para consumo próprio. E, embora a logística das grandes cidades não possibilite espaço apropriado devido às construções verticais, é possível também criar sua própria vaquinha. Mas isso demandará um espaço onde ela possa, além de ser bem cuidada, viver de forma saudável e feliz.

Leite pasteurizado e leite UHT: por quais processos eles passam?

O leite de saquinho é também chamado de leite pasteurizado. Assim como o leite de verdade, ele passa por um filtro após a ordenha. Esse processo de filtragem retém itens indesejáveis ao consumo, como os pelos da vaquinha, por exemplo. Em seguida, o leite filtrado passa por um processo de aquecimento que, ao atingir 70°C, elimina as bactérias ruins. Estudos dizem que esse aquecimento elimina apenas os microrganismos que fazem mal á saúde, ficando preservados as bactérias do bem assim como os lactobacilos.

Já o leite de caixinha ou UHT, de ultrapasteurizado, que é tão prático, nada tem de saudável. Isso acontece porque ele é submetido a uma temperatura tão alta (cerca de 130°C) que mata os organismos nocivos e também todas as bactérias do bem. Isso mesmo. A exposição à alta temperatura elimina todos os microrganismos assim como grande parte dos nutrientes. Isso sem falar das embalagens revestidas de alumínio que estão relacionadas ao desenvolvimento de doenças. Ou seja, ele pode parecer leite, ter um sabor parecido ao do leite, mas não tem praticamente nada do que o leite oferece de bom.

Mas, e sobre a conservação do leite?

Tanto o leite de verdade quanto o leite pasteurizado devem ser mantidos sob refrigeração pois não tem grande durabilidade. Essa pode ser uma desvantagem deles, mas quanto a isso, é só a família toda consumir rapidinho. Entretanto, o leite de caixinha, que oferece tão pouco, pode durar meses envasado sem sequer ser refrigerado.

Em todos os tipos de leite, deve-se verificar previamente a procedência do produtor antes de consumir. A escolha de qual leite usar vai depender do que vale mais à pena para você: saúde ou praticidade. Pode parecer cruel, mas é simples assim. E aí? Qual leite é o seu?

por Liliane Oliveira

Nenhum Comentário Ainda

Deixe o seu comentário!

To Top