envenenamento doméstico, festa na floresta, buffet infantil, festa infantil, aniversário, salão de festas, educação de filhos, criação de filhos

Envenenamento Doméstico: alertas e cuidados

Você sabia que a maior parte dos envenenamentos acontece dentro de casa? E sobre as vítimas? Sabia que as crianças com idade entre 0 e 4 anos são as principais vítimas desse envenenamento doméstico? Pois bem. Esse é o alerta que o Festa na Floresta traz essa semana. Nosso intuito é promover a prevenção e também orientar caso seu filho seja uma vítima desse mal. Então, não marque bobeira! Envenenamento é coisa séria!

A criança, em sua própria natureza, é curiosa. Por isso ela mexe em tudo e, não satisfeita, se propõe ainda a experimentar levando os objetos encontrados à boca. Explorar o ambiente em que vive é uma oportunidade incrível para que os pequenos se desenvolvam, entretanto, para que tudo corra bem, são necessários alguns cuidados para que toda a brincadeira desse processo de descobrir aconteça de forma saudável e segura.

 

O que pode causar o envenenamento doméstico?

Os produtos de higiene e limpeza são campeões de envenenamento doméstico. Suas formas diferenciadas, cores vibrantes e até o aroma exalado atraem a curiosidade infantil. O fato de alguns deles serem comercializados em embalagens parecidas com as de sucos e refrigerantes torna tudo ainda mais delicado. Afinal, a criança nessa fase não sabe diferenciar o que é alimento e o que é veneno. Assim, para evitar o contato, inalação e/ou a ingestão de seus filhos por esses produtos, procure mantê-los longe de seu alcance. Armários suspensos e com portas fechadas são ideais para deixar a curiosidade do seu filho longe de perigo.

Inseticidas e pesticidas são agrotóxicos comuns de uso doméstico para afastar insetos, roedores e demais seres indesejáveis. Seja em forma de aerossóis, pastilhas ou repelentes, é importante ter em mente que se isso mata um bichinho, também pode afetar o seu filho em caso de contato, inalação e/ou ingestão. A dica é manter tudo isso muito bem guardado, e, se possível, contratar uma empresa especializada para tais práticas.

 

E quanto aos medicamentos?

A mesma atenção deve ser dada aos medicamentos. Foi apontado acima que a maior parte do envenenamento ocorre com crianças e em casa. De todo esse montante, metade diz respeito a envenenamento causado pela inalação e/ou ingestão indevida de remédios. Similarmente aos produtos de limpeza, os remédios se apresentam de forma bem colorida. Alguns parecem mesmo balinhas. As soluções são quase sempre bem coloridas, o que atrai o imaginário das crianças. Portanto, não pense duas vezes em manter todos os medicamentos em um lugar onde suas crianças não consigam ter acesso. Mantenha-os em uma caixa fechada. Faça o que puder para que nada atraia a curiosidade dos pequenos.

 

Há outros produtos tóxicos?

Mas, nem só produtos químicos podem causar envenenamento doméstico. Algumas plantas cultivadas em casa também podem envenenar tanto pelo contato quanto pela sua inalação e/ou ingestão. Antúrio, bico-de-papagaio, copo-de-leite, comigo-ninguém-pode, entre outras, são bons exemplos de plantas tóxicas. Se possível, troque as plantas em questão por outras sem nível de toxidade. Se não, fique sempre atento aos movimentos dos pequenos quando estiverem no mesmo ambiente que as plantas.

 

Quais os sintomas e como tratar o envenenamento doméstico?

O envenenamento doméstico pode causar dor, vômito, convulsão, diarreia, paralisia, dificuldade respiratória, confusão mental, mudança da cor dos lábios, sensação de queimação na boca, garganta ou estômago, entre outros sintomas. É importante frisar que nem sempre os sintomas vão se apresentar imediatamente. Por isso a importância da supervisão constante das crianças.

Em caso de envenenamento doméstico mantenha a vítima deitada de lado e chame a emergência através do 193. Provocar vômito, respiração boca a boca, ingerir água ou outro alimento não são indicados. Ao contrário, o uso desses artifícios pode intensificar o dano sofrido.

Entretanto, caso o envenenamento tenha sido por contato (pele, olhos, etc.), o uso de água corrente no local já é bem recomendado. Indica-se deixar a água lavar o local por cerca de 15 minutos.

Em todos os casos de envenenamento doméstico é necessário o encaminhamento urgente da vítima a uma unidade de saúde. Assim você mantém quem mais importa para você em segurança e sob os melhores cuidados para mantê-lo são e salvo.

por Liliane Oliveira

Nenhum Comentário Ainda

Deixe o seu comentário!

To Top